Estão abertas as inscrições para o VI Colóquio dos Centros Especializados de Reabilitação de Niterói que congrega a  Pestalozzi, a Associação Fluminense de Reabilitação (AFR) e a Associação Fluminense de Amparo aos Cegos (Afac). O encontro, que acontece por meio virtual nas redes sociais das entidades, será realizado no dia 5 de novembro, às 19 horas. Para se inscrever basta acessar o site https://www.coloquiocerniteroi.com/inscricao .

“Anualmente organizamos esse encontro para debater os avanços e necessidades da rede de reabilitação do município. Por conta da pandemia, iremos realizar ele pela primeira vez de modo virtual e aberto a profissionais, estudantes e o público em geral interessado em saber como as instituições especializadas na reabilitação de pessoas com deficiência estão atuando nesse momento único em que o mundo atravessa”, explica o professor José Raymundo Martins Romeo, presidente da Pestalozzi de Niterói.

Também esse ano, as três entidades que são certificadas pelo Ministério da Saúde como centros especializados, resolveram convidar a Apae  local para participar do encontro. “Niterói é uma cidade privilegiada e talvez a única do país a ter três instituições de diferentes modalidades de atendimento integradas à rede CER do Ministério da Saúde. Daí a importância desse colóquio que realizamos desde 2013, quando ocorreu o credenciamento”, explica Telmo Hoelz, superintendente da AFR.

Coordenadora de Reabilitação da Afac, Joana Merat afirma que é preciso discutir e repensar novas práticas de atendimento nesse momento e em um futuro próximo, pós pandemia. “O cenário atual que atravessamos nos convoca a discutirmos e repensarmos novas práticas de atuação para o processo de reabilitação de nossos pacientes, sendo o espaço do colóquio uma ótima oportunidade para a rede de cuidados da pessoa com deficiência trocar e refletir sobre tais temas propostos”.

Dividida em duas mesas redondas, o Colóquio discutirá o novo modelo de assistência que está surgindo a partir da pandemia e foram convidadas para debater o tema as coordenadoras Claudia Escórcia Gurgel do Amaral Pitanga da AFR e Joana Merat, da Afac, com mediação de Valéria de Fátima Soares Marques Coelho da Apae. 

Em seguida, o debate será sobre os novos modelos de gestão na área de reabilitação no atual momento e será coordenado por Marcello Pacheco da Pestalozzi, tendo como debatedores Telmo Hoelz da AFR e um convidado do Ministério da Saúde.

A abertura e encerramento do encontro ficarão a cargo do terapeuta ocupacional, Omar Luiz Rocha da Silva, representante da Fundação Municipal de Saúde de Niterói.

Open chat
Precisa de ajuda?